Saiba como funciona a lista de espera do PROUNI

Se você se inscreveu no Programa Universidade para Todos (Prouni) e não foi selecionado na primeira e na segunda chamada, calma, pois nem tudo está perdido.

O Programa oferece novas oportunidades aos estudantes que ficaram na lista de espera com as vagas que não foram preenchidas pelos candidatos aprovados que acabam desistindo, não comparecendo para fazer a matrícula dentro do prazo ou falta a documentação necessária.

A lista de Espera do Prouni fica disponível quase um mês depois da abertura do processo seletivo. Mas atenção: a lista não é automática e o candidato precisa entrar no site e dizer que tem interesse em participar do Programa. Normalmente o prazo para o candidato confirmar o interesse no site é de dois dias.

Alista é divulgada conforme a abertura de novas vagas, onde, em seguida, os candidatos vão sendo chamados. É de responsabilidade do candidato acessar o sistema do Programa todos os dias, até o encerramento do período, para conferir se o seu nome consta dentre os selecionados.

Como entrar na lista de espera?

No prazo determinado pelo programa o candidato deve entrar no site do ProUni com o número de inscrição e senha do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) mais recente. Em seguida é só clicar na opção “Manifestar interesse em participar da lista de espera” e aguardar a confirmação do sistema.

Vale lembrar que as vagas da lista de espera são exclusivas aos candidatos que participaram daquele processo seletivo do ProUni, ou seja, não está aberta a novos inscritos.

Quais os pré-requisitos?

Apesar de poucas vagas ficarem disponíveis na lista de espera, o processo é menos exigente do que nas etapas anteriores. O candidato precisa ter feito qualquer edição do Enem partir de 2010 e ter tirado pelo menos de 450 na média, além de não ter zerado a redação.

Além disso, o Programa também exige que a renda familiar bruta mensal seja de até 1,5 salário mínimo por pessoa, caso a bolsa seja integral, e de 3 salários mínimos per capita, para bolsa parcial (50%).

Como acontece a seleção?

Os candidatos são classificados de acordo com a nota do Enem e a nota de corte de cada curso, ou seja, se a nota do estudante for alta, também são maiores as chances de garantir uma bolsa.

O Programa acontece sempre duas vezes por ano, para ingresso no primeiro e no segundo semestre. Então fique atento às inscrições do Prouni 2022 e não perca a oportunidade de fazer um curso de ensino superior.

Edital ENEM 2022: Tudo sobre o ENEM 2022!

Todas as informações sobre o funcionamento da principal prova do país fica registrada no edital ENEM 2022. Não é necessário se inscrever no exame para ter acesso ao edital ENEM 2022. Ao contrário, antes mesmo de se cadastrar no sistema o indicado é ler o documento para sanar todas as dúvidas.

Sobre o ENEM 2022

Criado pelo Ministério da Educação (MEC), a principal avaliação dos estudantes brasileiros é o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Aplicado anualmente aos concluintes do Ensino Médio.

Além de servir como forma de autoavaliação, e base para indicadores da educação no país, o ENEM 2022 também possibilita a inserção dos estudantes no ensino superior. Por meio da pontuação conquistada na prova.

Jovens e adultos que não concluirão o Ensino Médio no ano posterior ao da realização do ENEM poderão realizar a prova como trainee, apenas para avaliação de conhecimentos.

Anualmente mais de 5 milhões de brasileiros se inscrevem no exame. O propósito da prova é o de auxiliar no:

  • Acesso à educação superior;
  • Financiamento estudantil;
  • Desenvolvimento pessoal;
  • Melhorias na educação.

Edital ENEM 2022

O edital ENEM 2022 é publicado em Março no site oficial do exame. No documento ficam descritas todas as informações sobre o funcionamento do exame, regras e prazos.

A leitura do arquivo não é obrigatória, mas é interessante para todos os candidatos.

Já que é no texto que todas as dúvidas sobre o exame podem ser sanadas. No edital é possível ter informações sobre:

Orientações e prazos:

  • Calendário oficial;
  • Valor da taxa de inscrição;
  • Conteúdos aplicados em cada dia de prova;
  • Horário de início e término do exame;
  • Regras sobre documentação;
  • Orientações sobre requerimentos e solicitações.

Informações sobre o funcionamento:

  • Quais conteúdos são aplicados nas provas;
  • Locais para realização do exame;
  • Método de avaliação.

Durante este artigo também é possível conhecer as principais informações contidas no documento, e que são essenciais pra o funcionamento da prova.

Prova do ENEM 2022

A prova do ENEM 2022 é uma das mais temidas pelos estudantes. No edital ENEM 2022 ficam descritos quais os conteúdos serão aplicados nos dois dias de exame.

Por ser um vestibular com questões longas e cálculos extensos, o estudante tem de 5h às 5h30 para desenvolver as questões propostas e a redação. Os conteúdos aplicados são:

Primeiro dia do exame: 45 questões de cada conteúdo

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Redação.

Segundo dia do exame: 45 questões de cada conteúdo

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Matemática e suas Tecnologias.

Totalizam-se 180 questões nas duas provas e 4 conteúdos desenvolvidos.

Calendário ENEM 2022

Os prazos contidos no calendário ENEM 2022 devem ser seguidos corretamente. Raramente existem exceções que permitem a modificação dos períodos estabelecidos para cada etapa.

  • Março: publicação do edital ENEM 2022;
  • Abril: solicitação e resultados dos pedidos de isenção da taxa de inscrição;
  • Maio: inscrições;
  • Outubro: divulgação dos locais de prova;
  • Novembro: realização das provas e publicação dos gabaritos;
  • Janeiro: divulgação do Resultado ENEM 2022.

Inscrição ENEM 2022

A inscrição ENEM 2022 acontece no mês de Maio, e duram normalmente 10 dias. O cadastro deve ser feito no portal do INEP.

A taxa de inscrição ENEM 2022 é de R$82,00 mas cabe pedido de isenção do ENEM. Aprenda como se inscrever:

  • Acesse a página do ENEM INEP e clique na opção ‘Inscreva-se’;
  • Insira as informações solicitadas;
  • Preencha as informações necessárias para realizar a sua inscrição.

Licenciamento 2022 SP: Tabela, Valor, Consulta e Pagamento (Detran)

Mais um ano se inicia e as obrigações com o Governo também chegam. Uma delas é o licenciamento 2022 SP, que deve ser pago por todos os proprietários de veículos automotores. Os motoristas devem estar atentos aos prazos, valor e pagamento do licenciamento SP 2022.

Licenciamento 2022 SP

O licenciamento 2022 SP é a emissão anual do novo Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

Este é um documento de porte obrigatório por parte de todos os proprietários de veículos automotores, que permite a circulação do veículo nas vias públicas de cada estado, inclusive no em São Paulo.

O mesmo serve para comprovar que o veículo em questão está em dias com suas obrigações perante o Governo e o Detran do estado.

Seu pagamento deve ser feito todo início de ano. Em caso da não efetivação, o motorista estará correndo grandes riscos de:

  • Apreensão temporária ou permanente do veículo;
  • Multas;
  • Perda de pontos na CNH;
  • Outros.

Para que isso não venha acontecer com você, é de suma importância que esteja sempre informado sobre essa taxa. Para mais informações, continue nos acompanhando!

Valor do licenciamento 2022 São Paulo

Assim como já mencionamos anteriormente, o licenciamento deve ser pago todo início de ano. Ele possui valores diferentes para cada estado brasileiro, tendo o Detran como o responsável por definir o valor a ser pago pelos proprietários de veículos.

A taxa passa por reajustes todos os anos. Em 2020, o licenciamento custou R$90,20 no estado de São Paulo. Este ano, o valor irá depender do custo do IPVA 2022, assim sendo pago junto com o outro imposto.

Além de ser necessário fazer uma consulta pelo valor no site do DETRAN.

No Estado de São Paulo, o licenciamento anual é feito de forma 100% digital. O motorista não precisa ir mais a uma unidade de atendimento Detran SP ou Poupatempo para emissão anual do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

Tabela de pagamento do licenciamento 2022 SP

A tabela de pagamento do licenciamento 2022 SP serve como uma espécie de calendário. O mesmo estabelece a data de pagamento para a renovação da CRLV.

Essa tabela é organizada de acordo com o último número da placa do veículo. Ela passa por atualizações todo início de ano, sendo divulgada pelo Detran do estado de São Paulo.

Veja a seguir as tabelas do licenciamento São Paulo 2022 atualizadas:

Consultar o licenciamento 2022 SP

Para que os contribuintes possam verificar mais informações referentes ao licenciamento 2022 SP, o Detran do estado de São Paulo disponibiliza em seu site oficial uma área onde é liberado o acesso ao licenciamento do veículo.

Veja a seguir como realizar a consulta:

  • Acesse o site oficial do Detran SP;
  • Nesta página, selecione a opção “Débito, restrições e vistorias”;
    como consulta Licenciamento 2022
  • Será aberta uma nova janela, onde você deverá selecionar a opção “Seu Veículo”;
  • Agora informe todos os dados solicitados, assim como aparece na imagem abaixo:
  • Tenha acesso às informações e serviços necessários.

Nessa consulta, você pode imprimir a guia de pagamento para quitar e renovar o seu CRLV.

Pagamento licenciamento 2022 SP

Ciente do prazo estabelecido pela tabela, efetue o pagamento do licenciamento de seu veículo para que não venha sofrer nenhum dano.

Com a guia de pagamento em mãos, dirija-se até uma das agências fique quite com mais uma das obrigações com o governo.

Onde pagar o licenciamento?

  • Santander;
  • Casas lotéricas;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Banco do Brasil;
  • Itaú;
  • Bradesco;
  • HSBC;
  • Banco Mercantil do Brasil;
  • Safra;
  • Citibank.

Após a efetivação do pagamento, seu novo CRLV será enviado pelos Correios até sua residência em até 7 dias úteis.

Detran São Paulo

Quer mais detalhes sobre seus documentos para 2022? Veja as opções de contato para o Detran SP:

  • Contato: (11) 3322. 3333;
  • Endereço: R. Boa Vista, 221 – Centro Histórico de São Paulo, São Paulo – SP, 01014-001.

C&A Pedido Fácil – Aprenda como funciona

Um novo serviço que acaba de ser lançado e que nem todos conhecem é a 2 Via C&A Boleto, esse documento vai ser útil para muitas pessoas, ainda mais porque as revendedoras acabavam tendo trabalho quando queriam consultar esse serviço, mas agora é tudo online, rápido e fácil para você, não deixe de conferir as informações de forma correta, o serviço é bem simples, e já na primeira acessada você vai aprender como fazer para realizar nas próximas vezes que for necessário.

Consultar e Imprimir 2 Via C&A Boleto

Para quem perdeu esse documento saiba que agora podemos emitir 2 Via C&A Boleto no site mesmo, sem precisar entrar em contato por telefone e nem pessoalmente, que acaba atrasando o dia a dia das pessoas, por isso emitir em casa ou em qualquer outro lugar acaba sendo muito mais pratico e fácil. Então nos resta aprender como consultar esse maravilhoso serviço também.

Aprenda como Consultar 2 Via C&A Boleto passo a passo, vejam as dicas para você:

Como Emitir 2 Via C&A Boleto Passo a Passo

  • Acesse o Site 2 Via Boleto AVON: www.cea.com.br
  • Depois você tem que fazer Login no sistema, para isso informe seus dados cadastrais.
  • Entrando no sistema você pode identificar a opção de 2 via boleto.
  • Feito isso escolha o mês referente que você deseja imprimir e clique no botão para emitir.
  • Pronto, seu documento foi impresso, sem custos e sem trabalho para você também.

Agora que esse serviço existe e já está funcionando perfeitamente nos resta usá-lo, ainda mais porque a segunda via do boleto C&A nem existia antes, e somente quem precisa do mesmo e tinha aquele trabalho todo sabe falar como é ruim, e como é muito melhor a gente poder acessar pela internet mesmo, as dicas estão ai basta você consultar.

Conheça os impostos que devem ser pagos para manter suas obrigações com o Governo em dia

Para manter suas obrigações com o governo em dia, e a documentação do seu veículo regularizada, é necessário que se pague o IPVA 2022 SP. Esse imposto é pago todo o início de ano por uma grande parte dos proprietários de veículos brasileiros. Se você possui um veículo no estado do Mato Grosso do Sul, saiba a seguir todas as informações referentes ao IPVA 2022 SP!

IPVA 2022 SP

O Imposto sobre a propriedade de veículos automotores, mais conhecido com IPVA, é um tributo pago todos os anos pelos motoristas que possuem um automóvel. Esse tributo é cobrado em todos os estados brasileiros, inclusive no Mato Grosso do Sul.

O responsável pela arrecadação do valor pago do IPVA 2022 SP é o Detran do estado. Sendo ele também o responsável pela fiscalização, onde poderá aplicar as seguintes punições naqueles que não efetuarem o pagamento dentro do prazo estipulado:

  • Multas;
  • Apreensão do veículo;
  • Perda de pontos na CNH;
  • Dentre outros.

Para que isso não venha acontecer com você, continue nos acompanhando e saiba mais informações sobre!

Quem deve pagar o IPVA 2022 SP?

A grande maioria dos veículos automotores brasileiros devem efetuar o pagamento deste imposto. No estado do Mato Grosso do Sul, aqueles que deverão regularizar o IPVA 2022 são os seguintes:

  • Automóveis;
  • Ônibus;
  • Micro-ônibus;
  • Motocicletas;
  • Caminhões;
  • Ciclomotores.

Isenção do pagamento do IPVA 2022 SP

Existem alguns casos de isenção do valor do IPVA 2022 SP. Porém, é importante que você esteja ciente que não são todos os motoristas que poderão ficar sem pagar este imposto.

Qual o valor do IPVA 2022 SP?

O valor pago pelo Imposto sobre a propriedade de veículos automotores é diferente para cada estado. Além disso, sofre reajustes todos os anos.

Os fatores determinantes para o cálculo do IPVA 2022 SP é o ano e modelo do veículo. Também é levada em consideração as alíquotas estabelecidas pelo Detran do estado. O percentual dessas alíquotas são as seguintes:

  • 3,5% para carros de passeio, caminhonete e camioneta;
  • 2% para motos, triciclos, quadriciclos e ciclomotores;
  • 2% para caminhões, ônibus e Micro-ônibus.

Tabela de pagamento do IPVA 2022 SP

A tabela do IPVA 2022 SP serve como uma espécie de calendário, onde é divulgado o prazo para pagamento deste imposto. Todo o início de ano o Detran do estado atualiza e divulgada esta tabela.

Para 2022, a tabela ainda não foi divulgada. Enquanto isso não acontece, confira a que está em vigor:

IPVA 2022 SP
Cota única (com desconto de 15%) ou 1ª parcela31/jan
2ª parcela28/fev
3ª parcela29/mar
4ª parcela30/abr
5ª parcela30/mai

*Assim que divulgada, voltaremos a atualizar este post!

Consulta do IPVA 2022 SP

Para ter acesso a mais informações referentes ao IPVA 2022 SP do seu veículo, o Detran do estado disponibiliza em seu site uma área onde pode ser realizada a consulta e verificar todos os detalhes deste imposto.

Siga as instruções abaixo e saiba como realizar este procedimento:

Acesse o site → Clicando aqui;

Agora informe:

  • Número da placa;
  • RENAVAM seu veículo.

Agora clique em “Consultar” e tenha acesso a todas as informações necessárias.

Pagamento do IPVA 2022 SP

Na página da consulta do IPVA 2022 SP realizada no tópico anterior, é possível emitir a guia de pagamentos.

Com ela em mãos e dentro do prazo estipulado pelo Detran, dirija-se até uma das agências bancárias mais próxima a sua residência e efetue o pagamento deste imposto.

Contato DETRAN SP

  • Endereço: Rod. SP-80, Km 10, S/N – Conj. Jose Abrao, Campo Grande – SP, 79114-901;
  • Telefone: (67) 3368-0500.

Confira como funciona o programa Casa Verde e Amarela

Você sabe exatamente como funciona o Casa Verde e Amarela? Muito se tem comentado sobre as novas regras do Governo Bolsonaro em relação ao programa. Portanto, desenvolvemos esse artigo para esclarecer como funciona o Casa Verde e Amarela e o que mudou na nova gestão.

O programa Minha Casa Minha Vida foi criado em 2009 e tem como principal objetivo ajudar os cidadãos brasileiros a conseguir adquirir o primeiro imóvel.

Casa Verde e Amarela

O programa Casa Verde e Amarela foi criado no ano de 2009 e tinha como meta conceder subsídios do Governo Federal para famílias de baixa renda. Os valores desses subsídios variam de acordo com o perfil de cada família.

Então, como funciona o Casa Verde e Amarela? Segundo o site da Caixa Econômica Federal, os perfis são estipulados conforme tabela abaixo:

  • Famílias com renda de até R$ 1.800,00: Faixa 1 – financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00, conforme a renda bruta familiar;
  • Famílias com renda de até R$ 2.600,00: Faixa 1,5: imóvel novo com taxas de juros de apenas 5% ao ano e até 30 anos para pagar e subsídios de até 47,5 mil reais;
  • Nas faixas 2 e 3 você tem até 30 anos para pagar e pode comprar um imóvel novo ou na planta, comprar terreno e construir sua casa.
  • Famílias com renda de até R$ 4.000,00: Faixa 2: Se sua família tem renda bruta de até R$ 4.000,00, você encaixa e pode ter subsídios de até R$ 29.000,00;
  • Famílias com renda de até R$ 7.000,00: Faixa 3: famílias com renda bruta de até R$ 7.000,00​​, a faixa 3 oferece taxas de juros diferenciadas em relação ao mercado.

Porém, ultimamente estão circulando notícias sobre o andamento do programa Minha Casa Minha Vida sob a Gestão do atual Governo. Será que o programa será extinto? Vamos ver como funciona o Casa Verde e Amarela pós gestão Bolsonaro.

Casa Verde e Amarela Governo Bolsonaro

Ultimamente, as notícias que estão circulando apontam para uma possível extinção do programa Casa Verde e Amarela. Porém, é importante separar o que é fake News dos fatos verdadeiros. Na verdade, o que foi dito a respeito do programa é que ele terá um novo nome: Casa Brasileira.

O que acontece por trás dos bastidores é a inadimplência da faixa 1, o que prejudica muito o programa. Através de um novo projeto que está em andamento, o secretário de Desenvolvimento da Infraestrutura do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord afirmou que o governo pretende financiar “megaempreendimentos, de R$ 200 milhões a R$ 300 milhões de reais”.

O novo governo quer impor melhorias ao projeto, vinculando doações de terrenos da União e financiando os empreendimentos. Isso significa que as casas passarão por um crivo de qualidade, com melhor segurança (inclusive com câmaras que reportam diretamente na PM local) e infraestrutura organizada.

Inscrição Casa Verde e Amarela

Esse projeto ainda está em circulação e por enquanto, a fórmula de como funciona o programa ainda continua a mesma. Segundo o site da Caixa Econômica Federal, para conseguir fazer o cadastro Casa Verde e Amarela no programa é:

  • Passo 1: Confira se você precisa se cadastrar

Se a sua família tem renda mensal menor que R$ 1.800,00 é preciso se inscrever na prefeitura da sua cidade ou numa entidade organizadora para iniciar o processo de seleção.

Já para as famílias com renda mensal até R$ 7.000,00​​, além de poder contratar por meio de uma entidade organizadora, pode também contratar de forma individual, para isso é só fazer a simulação, para saber quanto você poderá investir, entregar a documentação em um Correspondente Caixa Aqui ou n​a agência Caixa mais próxima de você.​

  • Passo 2: A Caixa avalia seu cadastro

As famílias selecionadas pelas prefeituras e validadas pela Caixa serão comunicadas sobre a data do sorteio das unidades e da assinatura do contrato de compra e venda do imóvel.

No caso de atendimento direto na agência ou no Correspondente Caixa Aqui, a Caixa recebe e analisa a sua documentação e a documentação do imóvel que você escolheu e mostra para você as melhores condições para o financiamento.

  • Passo 3: Você assina o contrato

Contato Caixa Econômica Federal

Se você ainda tem dúvidas sobre como funciona o Minha Casa Minha Vida, entre em contato com o programa através do número abaixo:

Se houver atualizações sobre como funciona o Casa Verde e Amarela, informaremos aqui na página.

Saiba como os estudantes podem negociar a dívida com a Universidade

Existem vários recursos que podem ajudar o jovem estudante a ingressar no ensino superior. Mas mesmo com essas facilidades, nenhum estudante está livre de acabar devendo para as instituições.

Se você está passando por essa situação, saiba que você pode regularizar os débitos entrando em acordo de renegociação com a faculdade. Confira mais no texto a seguir:

Você sabia que todas as instituições privadas possuem um setor voltado para renegociação de dívidas? Essa opção fica disponível para o estudante desde o primeiro momento de quebra dos prazos estabelecidos. Na negociação, o devedor pode encontrar grandes vantagens como por exemplo, o desconto no valor total se for quitar a dívida de uma vez só.

Uma outra opção considerável é estar gerando um novo boleto Educa Mais, parcelando o valor sem juros. O que é interessante enfatizar é que cada instituição possui suas próprias condições, por isso, é difícil estabelecer uma porcentagem média de desconto assim como a possibilidade de parcelas.

Vamos exemplificar com dois programas voltados para a universidade particular e como funciona o processo de negociação de pagamento.

FIES

Comecemos pelo Fies 2022, um dos maiores programas de financiamento estudantil do país. Quando o estudante passa a estudar através desse recurso, deverá cumprir com pagamentos trimestrais pela sua bolsa. Uma outra obrigação é o pagamento posterior ao final do curso, no qual o estudante retorna o dinheiro investido.

Para as duas situações, é possível regularizar os débitos emitindo o boleto FIES 2020 através do portal oficial do programa. Esse portal é o SisFies, no qual os estudantes podem realizar soluções rápidas pela internet. Também é possível obter as mesmas finalidades através do telefone 0800 616161.

Através dessas vias de atendimento, o estudante conseguirá vantagens exclusivas para regularizar o seu débito e conseguir a permanência da sua bolsa sem o acréscimo de juros.

EDUCA MAIS BRASIL

Um outro exemplo que vamos utilizar é o Educa Mais Brasil 2022, um programa que estabelece bolsas de até 70% de desconto para estudantes de média e baixa renda que desejam começar uma graduação.

Os descontos são oferecidos em parceria entre o programa e as instituições de setor privado que fazem parte da proposta e são válidos até o final do curso.

Quem ficou devendo a primeira mensalidade integral ou não cumpriu com os boletos do Educa Mais Brasil pode conseguir negociar a dívida na própria instituição, acessando a sua conta no portal do aluno.

Uma outra opção é acessar o sistema em casa e realizar o mesmo procedimento, escolhendo a forma de pagamento, o número de parcelas, entre outros aspectos.

Aprenda como utilizar o portal do estudante do SISU

O SISU é uma das principais portas de entrada para as universidades. Através desse programa, milhares de estudantes conseguem iniciar seus cursos. Anualmente, são disponibilizados milhares de vagas, onde os candidatos podem concorrer e assim, ingressar na instituição desejada. Abaixo, saiba mais informações sobre o SISU!

SISU 

O Sistema de Seleção Unificada, mais conhecido como SISU é um dos programas criados pelo Ministério da Educação (MEC) que possui parceria com diversas universidades, disponibilizando assim, vagas para cursos superiores. Essas vagas são oferecidas pelas instituições de ensino superior pública.

Para se candidatar, é necessário que o candidato tenha realizado a prova do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem e ter a nota necessária de acordo com a nota de corte do curso desejado.

No geral, os estudantes deverão ter obtido nota igual ou superior a 450 pontos na prova objetiva e não ter zerado a redação. 

As inscrições para a página do participante SISU serão abertas duas vezes no ano: uma no primeiro e outra no segundo semestre.

Como funciona o SISU?

O SISU é constituído por uma única etapa de inscrição. Durante a mesma, o candidato pode escolher até duas opções de cursos nas instituições educacionais parceiras.

No entanto, o sistema levará em conta a última opção escolhida antes do término do processo seletivo.

É também no ato da inscrição que ele irá escolher a modalidade de vaga que deseja concorrer. Sendo elas:

  • Ampla concorrência;
  • Por cotas.

Os selecionados a vagas serão aqueles que obtiverem maior nota de acordo com a nota de corte de cada curso. Ou seja, é necessário que o estudante tenha obtido um bom desempenho na prova do Enem!

Quem pode participar do SISU?

Assim como outros programas criados pelo Governo Federal e pelo Ministério da Educação (MEC), para concorrer às vagas do SISU é necessário estar encaixado nos critérios exigidos, que são:

  • Ter feito a prova do Enem no ano anterior a inscrição do SISU;
  • Obter uma nota maior que zero na redação;
  • Só é feito a inscrição no portal aqueles que compareceram nos dois dias de provas;
  • É necessário o uso do número da inscrição do Enem a ano anterior, como também a senha de acesso ao sistema.

Inscrições SISU

As inscrições SISU são feitas unicamente pela internet, através do site oficial do programa.

A data para dá início a este procedimento ainda não foi divulgada pelo MEC, mas assim que obtivermos essa informação voltaremos a atualizar este post. 

Enquanto isso, confira o passo a passo que elaboramos para você realizar a sua inscrição no SISU através da página do participante do INEP e concorrer a vagas no curso e universidade desejada:

  • Acesse o site do SISU;
  • Clique em “Fazer inscrição”;
  • Informe o número de inscrição do Enem e senha cadastrada;
  • Será aberta uma nova janela, onde você deverá informar até duas opções de cursos e universidades desejadas;
  • Escolha também a modalidade que deseja concorrer as vagas: ampla concorrência ou por cotas;
  • Agora, será necessário preencher o formulário com todos os dados pessoais solicitados pelo sistema;
  • Finalize este procedimento. 

Atenção! Vale lembrar que você poderá alterar suas opções de cursos durante o período de inscrição. Porém, você será selecionado naquele que for sua primeira opção. 

Nota de corte e lista de espera do SISU

A nota de corte é a nota que o participante deverá ter obtido para concorrer a um determinado curso.

Ela é calculada pela nota do candidato que obteve a menor pontuação entre aqueles que foram pré-selecionados. Desta forma, quem tiver a menor pontuação terá menores chances de conseguir a vaga.

A lisa de espera, por sua vez, são as vagas disponíveis por aqueles que não conseguiram a vaga na chamada regular. Para participar, é necessário que o candidato realize novamente sua inscrição no SISU!

Dicas para conseguir bolsas de estudo para cursos técnicos ou profissionalizantes

O mercado de trabalho é exigente e tem se tornado cada vez mais concorrido devido a baixa oferta de empregos e pensando nisso, o trabalhador brasileiro precisa buscar soluções para se qualificar.

Neste ponto, as bolsas de estudo são essenciais para auxiliar no objetivo de se profissionalizar e se você não sabe como ter acesso a elas, confira a seguir dicas para começar um curso técnico ou profissionalizante sem pagar nada:

Sistema S

As instituições do Sistema S de ensino são uma das melhores escolas técnicas do país. Apesar de serem do setor privado, estas não são independentes do setor público, sendo parceiras de diversos programas.

Periodicamente, essas escolas técnicas ofertam bolsas de estudo para aquecer o mercado de trabalho e oferecer qualificação para jovens e adultos de todos os estados.

Isto quer dizer que, os candidatos que estiverem dentro dos requisitos das bolsas ofertadas podem estudar, por exemplo, no SENAC 2022 sem pagar nada e ainda receber um certificado reconhecido pelo MEC.

Novos Caminhos

O programa Novos Caminhos é uma atualização do Pronatec, que distribui bolsas de estudo nas melhores escolas técnicas do setor privado do país.

As bolsas são oferecidas em diversos cursos, sempre visando as formações promissoras que prometem estar aquecendo o mercado nos anos seguintes.

O Novos Caminhos visa ampliar as possibilidades do mercado de trabalho e para se inscrever, os estudantes precisam estar atento às datas de inicio de aplicação para as bolsas.

Enem

Esta é uma opção interessante, principalmente para os estudantes que já realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Através da pontuação alcançada no Enem, que é a forma padrão de ingresso no ensino superior, os estudantes podem concorrer também a bolsas de estudos no ensino técnico.

Isto porque, os Institutos Federais de Ensino (IFs), distribuídos em algumas unidades por estado, recebem um percentual de estudantes a partir do processo seletivo do Enem.

Para tanto, os estudantes devem se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (SISU) e aplicar a sua pontuaçã para o curso técnico e a unidade IF desejada.

ETEC

As Escolas Técnicas Estaduais (ETECs) são instituições de ensino de referência do estado de São Paulo e promovem cursos de qualidade para os estudantes.

O processo seletivo é mais rigoroso que para outras instituições, já que esta promove diversos benefícios para os estudantes e vagas limitadas. Para concorrer, é necessário estar atento às datas referentes ao vestibular ETEC, um processo seletivo tradicional da própria instituição.

Gabarito ENEM: Respostas da Prova ENEM

Com toda a certeza um dos momentos mais aguardados pelos estudantes é a divulgação do gabarito ENEM, afinal é com ele que os inscritos conseguem se programar quanto a possível pontuação. E para saber mais sobre o gabarito ENEM 2022 e como será o seu funcionamento, data de divulgação e todas as principais informações á respeito, leia este artigo!

Como Funciona o ENEM?

A principal função do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é promover uma avaliação do desempenho escolar e acadêmico ao final do Ensino Médio, esta não é uma prova obrigatória, mas possibilita a entrada ao ensino superior em universidades públicas e particulares, por meio de bolsas integrais ou parciais e financiamento estudantil.

Para realizar a prova é necessário efetuar o pagamento da taxa de inscrição, na edição de 2018 o valor foi de R$82, possivelmente em este preço não será alterado. É muito importante ficar atento as divulgações oficiais que são feitas no site do ENEM, por lá os participantes ficam por dentro de todo o sistema de aplicação de prova, métodos de avaliação e os resultados.

Como é a prova do ENEM?

Antes mesmo de se preocupar com o gabarito ENEM é preciso se preparar para realizar o exame, alguns assuntos devem ser estudados com mais frequência, mas nada foge do que é passado durante os 3 anos de ensino médio. Veja como é a prova do ENEM e crie um cronograma de estudos para se preparar:

4 Provas objetivas, sendo 45 questões cada:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Matemática e suas Tecnologias.

1 Redação:

  • Texto dissertativo-argumentativo a partir de uma situação-problema (política, social ou cultural);
  • 30 linhas no máximo.

São dois domingos consecutivos para a aplicação da prova, no primeiro dia os participas deverão desenvolver questões relacionadas à: 

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias,
  • Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias.

No segundo dia de aplicação, serão desenvolvidos os assuntos: 

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • Matemática e suas Tecnologias.

*Nos dois dias as provas terão 5 horas de duração!

Novidades ENEM

No ano de 2018, algumas modificações e melhorias foram ajustadas para a realização da prova, é muitíssimo provável que sejam mantidas para as novidades ENEM, pode acontecer ainda de mais itens serem acrescentados.

Veja só quais são as novidades:

  • Solicitação de isenção ENEM antes do período de inscrição;
  • Justificativa de ausência para isentos que não compareceram aos dois dias de prova do Enem 2018 e querem isenção no Enem;
  • Isenção para quem atingiu nota mínima para certificação do ensino médio nas áreas para as quais se inscreveu no Encceja 2018;
  • Ampliação de 30 minutos na duração das provas do segundo dia de aplicação;
  • Possibilidade de recurso relacionado à isenção e justificativa de ausência;
  • Mais documentos aceitos na identificação;
  • Critérios de eliminação atualizados e ampliados;
  • Redação que desrespeitar os Direitos Humanos perde 200 pontos.

Gabarito ENEM

Seguindo o cronograma divulgado no início da abertura do ENEM, os participantes ficam por dentro da data oficial de divulgação do gabarito ENEM e do caderno de respostas, assim é possível ter uma ideia da pontuação que foi conquistada por meio do número de acertos.

Para ter acesso às informações e resultados do gabarito ENEM é necessário acessar a página do ENEM, inserindo o número de CPF e senha. É possível que a divulgação seja feita em até 3 dias úteis após a aplicação da última prova, provavelmente na quarta-feira.